Necessita de Investimento

Escolha o modo mais simples de se financiar. 

 

As mudanças que temos assistido nos mercados têm sido a mola real para os novos modos de financiamento que, numa dinâmica apropriada por novas competências e conhecimentos tecnológicos, começaram a ganhar cada vez mais espaço e mercado com um reconhecimento global.

As Fintech são empresas financeiras que utilizam novas tecnologias e os seus empréstimos permitem a pequenas e médias empresas nacionais alcançarem maiores níveis de liquidez com redução de encargos administrativos. Com a evolução tecnológica e o aparecimento destas entidades, com um nível de oferta de produtos inovadores, desenha-se uma concorrência cada dia mais dinâmica.

Pode, também, recorrer às tradicionais formas de financiamento através de Instituições Financeiras e/ ou Bancos, na conceção de empréstimos de médio e longo prazo para capitalizar a sua empresa – capitais permanentes.

O financiamento de uma empresa poder ser feito com capitais próprios e com capitais alheios, sendo que esta última alternativa tem uma remuneração mínima fixada e, normalmente, possuem um esquema de reembolso previamente definido.

Na obtenção de um empréstimo junto de um credor bancário, durante o período de tempo pré-determinado, a empresa está, não só obrigada à restituição do capital emprestado como também ao pagamento de juros, com base numa taxa que é aplicada ao valor do empréstimo. Os empréstimos bancários podem ser de curto prazo (a dívida deve ser amortizada até 1 ano após a contratação do empréstimo) ou de longo prazo (empréstimo por um período superior a 1 ano).

O Crédito Bancário é tido como adequado no caso de a empresa estar moderadamente endividada e com capacidade de gerar fluxos de caixa (cash flows), considerando um financiamento das suas operações e/ou programas de expansão em condições muito vantajosas sem cederem parte do controlo da empresa.

As Linhas de Crédito são uma forma flexível de empréstimo bancário para fazer face a necessidades temporárias de tesouraria no curto prazo e indicadas para prevenir situações momentâneas de rutura. De notar que este modelo de financiamento tem por base plafonds ou limites previamente acordados.

O Confirming é uma opção que está em crescimento e que otimiza a gestão corrente das empresas. Trata-se de um Serviço oferecido pela Banca através do qual uma empresa cliente transfere para o Banco a gestão de pagamentos aos seus fornecedores, até determinado montante de plafond de crédito previamente acordado.

O Factoring é igualmente um instrumento de gestão de tesouraria para cobrir necessidades de curto prazo. O contrato de factoring consiste na cedência dos créditos da empresa (faturas em cobrança) a uma sociedade especializada que se responsabiliza pela cobrança desse crédito. Este método tem a vantagem de a empresa poder realizar os seus créditos sem estar dependente do prazo de pagamento dos seus clientes, melhorando a sua tesouraria.

O Leasing é um instrumento de financiamento ao qual a empresa pode recorrer quando não pretende afetar grandes quantidades de capital para ter acesso a um determinado bem. Este tipo de financiamento é aconselhável para aquisição de equipamentos que, em princípio, não são estratégicos para a empresa.

Os Business Angels tratam-se de financiamentos por Capital que consistem na troca de dinheiro por uma parcela do capital ou de uma parte do controlo da empresa. São investidores privados empreendedores que promovem o seu negócio ficando com dinheiro disponível – podem ser uma ajuda preciosa com a sua influência e experiência na gestão de pequenos negócios, assumindo um papel de grande colaboração com o empresário.

O financiamento por via do Capital de Risco – As sociedades ou fundos de capital de risco tomam participações correntemente minoritárias e temporárias (3 a 7 anos) no capital da empresa. Trata-se de uma forma de financiamento interessante, com garantia de um parceiro de capital que partilha o risco com a empresa até à saída do negócio em condições vantajosas para ambas. Este tipo de financiamento só está ao alcance de negócios que apresentem potencial de crescimento ou um elevado retorno do investimento.

É importante ainda referir outros meios de financiamento aos dispor das empresas nacionais como as Linhas de Crédito Protocoladas, os Regimes de Capital de Risco e os diversos Fundos para Apoio às PME (Portugal 2020 entre outros).

Alguns dos financiamentos descritos têm por base políticas de concessão e gestão dos créditos concedidos relacionadas com dinâmica das empresas financiadas. Nesse sentido, as entidades financiadores e os investidores dão especial preferência a empresas com políticas comerciais agressivas e em franca expansão, suportadas pelas mais modernas técnicas de marketing com recurso a Bases de Dados de empresas para prospeção especialmente desenhadas com as variáveis de contactos e outras que permitam angariar novos clientes e, consequentemente, aumentar os volume de vendas e resultados.

O sucesso da empresa e a sua capacidade para gerar fundos necessários para o reembolso ou pagamento dos créditos concedidos está interligado com o incremento de uma rigorosa política de concessão de crédito. Para tal, é fundamental que as empresas o conheçam com maior detalhe a capacidade financeira dos seus clientes, quais os limites de crédito recomendados assim como outras informações comercias e de risco de crédito.

 

ALGUNS DOS NOSSOS PARCEIROS

ENTRE EM CONTACTO

Se deseja ser contactado por um consultor da Infotrust sobre um produto ou qualquer outra questão, por favor preencha o formulário abaixo com os seus dados.
NOME *
EMAIL *
TELEFONE / TELEMÓVEL *
* Campos de preenchimento obrigatório

Este site utiliza "cookies" para funcionar correctamente. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. - Saiba mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close